Pesquisar este blog

Carregando...

sábado, 20 de março de 2010

PREVENÇÃO AO USO INDEVIDO DE DROGAS

Teve início um novo e imprescindível curso de prevenção ao uso indevido de drogas, modalidade à distância, oferecido pela Universidade Federal de Santa Catarina e patrocinado pelos órgãos federais responsáveis por esta área. 
Objetivos do Curso
OBJETIVO GERAL
- Capacitar os conselheiros municipais e líderes comunitários para atuar na prevenção da violência associada ao uso indevido de álcool e outras drogas.
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Capacitar os diversos conselheiros municipais e líderes comunitários para identificação de recursos comunitários para criação, articulação e o fortalecimento da rede de apoio local integrada.
- Disponibilizar aos estudantes informações atualizadas acerca do consumo indevido de álcool e outras drogas e sua interface com a temática violência, focalizando a prevenção numa perspectiva de direitos humanos.
-Fornecer subsídios para que os Conselheiros e Líderes capacitados possam atuar como agentes multiplicadores na prevenção da violência relacionada ao uso indevido de álcool e outras drogas.
Conteúdo Programático
O conteúdo do Curso foi elaborado por especialistas da área e reúne informações atualizadas e convergentes com a Política Nacional sobre Drogas (PNAD), a Política Nacional sobre o Álcool (PNA) e o Sistema Único de Segurança Pública, a saber: drogas: classificação e efeitos no organismo; experimentação, uso, abuso e dependência de drogas; o uso de drogas psicotrópicas no Brasil; aspectos socioculturais do uso de álcool e outras drogas e exemplos de projetos de prevenção; padrões de consumo do álcool na população brasileira; prevenção – novas formas de pensar e enfrentar o problema; as drogas e os meios de comunicação; redução de Danos, Prevenção e Assistência; redes sociais; tratamento; conselhos: espaço de participação e controle social; por que e como implantar um Conselho Municipal sobre Drogas; políticas Públicas sobre Álcool e outras Drogas no Brasil; legislações e políticas de saúde relacionadas às diretrizes da Política Nacional sobre Drogas; legislação e políticas de educação e a Política Nacional sobre Drogas; legislações e políticas para a criança e o adolescente e a Política Nacional sobre Drogas; Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) e o Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI): um novo panorama para o Brasil;  violência e exploração sexual contra crianças e adolescentes; trabalho infantil: fator de risco para a violência e para o uso de álcool e outras drogas; mediação de conflitos; subvenção social;
Participantes
Os 15000 estudantes foram selecionados em todo o território nacional e devem atuar como conselheiros nos seguintes Conselhos: de Segurança; Sobre Drogas; Tutelar; dos Direitos da Criança e do Adolescente; da Educação; da Saúde; da Assistência Social; do Conselho Escolar; do Conselho da Juventude, do Idoso, do Trabalho, Populações Afrodescendentes, dentre outros. Além disso são considerados Conselheiros Potenciais: agentes comunitários; ONG’s; policiais; dentre outros.
(Fonte: sead.ufsc.br)

P.S. - FUI SELECIONADO e, ORGULHOSAMENTE, JÁ FIZ PARTE DE MEUS DEVERES COMO NOVO ESTUDANTE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC.
PROMETO COMPARTILHAR TUDO QUE FOR POSSÍVEL!

3 comentários:

  1. Ola me chamo Filipe, e gostaria do contato responsável para que eu pudesse escrever ou falar sobre um assunto que já esta ganhando espaço na área da medicina psiquiatrica – a IBOGAINA, uma planta africana que vem sendo sintetizada e vem ganhando destaque no mundo todo. Eu assim como mais de 100 ( cem ) pessoas aqui no Brasil, já tomaram esta droga que tem como principal efeito combater os sintomas da dependência química. Ela tem efeitos colaterais pequenos e uma grande força sobre nosso cérebro de dependentes químicos que faz com que nos aproximemos da cura. Mais ela também tem efeitos não estudados que faz com que esta eficiência possa ser indagada. Eu, assim como vários pacientes vemos uma esperança em viver sem drogas depois da ingestão da iboga ela é uma poderosa ferramenta que deveria ganhar seu espaço no combate as drogas.

    Att
    Filipe Oliveira
    tabernantheiboga@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Filipe!
    Eu também me curei da dependência química do crack. Eu considero cura pois nunca mais senti vontade de usar, sequer lembro daquela porcaria. A sensação que a Iboga deixa é muito melhor e eu não a perderia por nada desse mundo. Sinto-me como se se tivesse nascido denovo. Meu tratamento é em pequenas dosagens diárias, é como se a Iboga preenchesse aquele espaço que a droga deixa, é uma sensação de satisfação em relação á vida. Quem quiser trocar informações me escrevam danielsouza74@yahoo.com.br Vamos nos unir contra o crack, a droga mais maldita que o ser humano já inventou. Beijos. Daniele

    ResponderExcluir
  3. Cara Daniele,
    Estou por aqui, conhecendo agora a sua força e espírito solidário.
    E sobre suas atividades físicas, o que me diz?
    Aguardo notícias.
    Um abraço
    Joni

    ResponderExcluir