Pesquisar este blog

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

DIETA PARA REFLUXO GÁSTRICO

 O ácido estomacal sempre foi tido como culpado pelo refluxo gástrico. Agora, os especialistas estão começando a achar que o problema não acontece só por causa do ácido que está voltando do estômago, mas também da comida que está descendo.
A ideia tem feito barulho por causa de livros como "Crazy Sexy Diet" (A dieta louca e sexy, do médico Dean Ornish, sem edição no Brasil) e o "The Acid-Alkaline Food Guide" (O guia de alimentos ácidos e alcalinos, da médica Susan Brown, também sem tradução). As obras defendem que é possível melhorar a saúde equilibrando a acidez da dieta.
Neste ano, um estudo pequeno mostrou que restringir o ácido alivia os sintomas do refluxo, como tosse e rouquidão, em pacientes que não melhoram com remédios. A pesquisa foi publicada na revista "Annals of Otology, Rhinology & Laringology".
No estudo, 12 homens e oito mulheres com refluxo, que não melhoravam com remédios, fizeram uma dieta com baixa acidez por duas semanas. Foram eliminados todos os alimentos e as bebidas com pH menor que 5.
Quanto mais baixo o pH, maior é a acidez. Refrigerantes diet, por exemplo, têm pH de 2,9 a 3,7. Segundo o estudo, 19 dos 20 pacientes melhoraram, e três se livraram totalmente dos sintomas.
A autora, a médica Jamie Koufman, defende a dieta em seu novo livro: "Dropping Acid: The Reflux Diet Cookbook & Cure" (Pingando ácido: o livro de receitas e a cura da dieta do refluxo).

Editoria de Arte/Folhapress
COMIDA ALCALINA
Os remédios contra refluxo neutralizam ou reduzem a produção de ácido no estômago. Mas, para alguns pacientes, diz Koufman, a vilã é a pepsina, enzima digestiva do estômago que pode existir no esôfago. Nesse caso, não adianta só fazer o ácido estomacal parar de invadir o esôfago.
"Quando há pepsina no tecido, o ácido que vem dos alimentos pode causar danos."
A proposta da médica é comer menos alimentos ácidos e mais comida alcalina.
A escala de pH vai de zero a 14. A água destilada fica no 7, pH considerado neutro. Um alimento com pH 4 é dez vezes mais ácido do que um com pH 5.
Para aliviar os sintomas do refluxo, Koufman sugere uma dieta rígida de duas semanas sem nenhum alimento com pH abaixo de 5: nada de frutas a não ser melão e banana nem tomates ou cebolas. Ficam liberados outros vegetais, cereais integrais, peixe ou frango.
Comida industrializada, por exemplo, é ácida porque isso ajuda a preservá-la. Seu maior consumo tem levado a mais casos de câncer de esôfago por refluxo crônico.
Outros alimentos precisam ser eliminados por outros motivos além da acidez. Mesmo sem pH baixo, carnes gordurosas, laticínios, café, chocolate, frituras e álcool pioram os sintomas.
"Esse é um processo de tentativa e erro. Grãos são bons, assim como quase todos os vegetais. É bom evitar bebidas em lata ou engarrafadas, exceto água. E é melhor fechar a cozinha às 20h", afirma Koufman. 
TARA PARKER-POPE - DO "NEW YORK TIMES"
http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1004072-dieta-sem-alimento-acido-reduz-sintoma-de-refluxo.shtml

8 comentários:

  1. OBRIGADA PELAS INFORMAÇÕES. ESTOU MUITO ANGUSTIADA POIS EM UM ANO OS POLIPOS QUE FORAM DIAGNOSTICADOS EM MEU ESTOMAGO AO FAZER EXAMES DE ROTINA ESTÃO CRESCENDO E ALÉM DISSO ME APARECEU ESOFAGITE DE REFLUXO ESTANDO EU ASSINTOMATICA. oS REMEDIOS PARA A ESOFAGITE E PARA O REFLUXO ESTIMULAM O RESCIMENTO DOS POLIPOS E EU ESTOU BASTANTE RESISTENTE PARA TOMÁ-LOS. QUERO PODER OPTAR POR FAZER DA MINHA DIETA MEU MEDICAMENTO. POR ISSO ESTOU PASSEANDO PELA NET EM BUSCA DE ORIENTAÇÕES FIDEDiGNAS QUE POSSAM ME AJUDAR, SE PUDER DEIXAR ALUM OUTRO TIPO DE INFORMAÇÃO QUE ME AJUDE EU AGRADEÇO E DEIXO MEU E-MAIL. verapatnobre@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Cara Vera,
    Com certeza, nossa alimentação é parte integrante de um processo de cura juntamente com as atividades físicas. Mas como os chineses dizem,isto é como forjar metal, pois são necessárias centenas de "batidas" e milhares de "refinações". Estilo de vida!
    Seja persistente e aguerrida.
    Quando tiver algo, procurarei passar para todos, ok? Fraternal abraço.
    Joni

    ResponderExcluir
  3. Boa Noite. Meu nome é Angelina Jucá
    Sofro de refluxo esofágico e os medicamentos não fazem efeito no meu caso, estou disposta a fazer a dieta balanceada própria para àquele que possui esse mal. Tentarei melhorar desta forma. Se houver algum progresso neste referido tratamento, gostaria de ser comunicada. Meu e-mail angelinajmbarros@gmail.com
    Agradeço a atenção a mim dedicada.

    ResponderExcluir
  4. Certo, Angelina.
    Eu não sou da área médica e não posso opinar, mas a minha esposa sofre com este problema e, com sabedoria, supera-o.
    Faça isto e nos conte o seu progresso que, com certeza, você o terá.
    Fraternal abraço.
    Joni

    ResponderExcluir
  5. o refluxo pega ? eu tenho isso e tenho um bebe e tenho medo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, não é contagioso.
      Porque não conversa com o seu médico e o de seu filho sobre isto? Assim, você se tranquiliza.
      Continue por perto. Um abraço.
      Joni

      Excluir
  6. por favor respondao-me isto pega? eu tenho medo de pegar ao meu bebe

    ResponderExcluir
  7. tenho o refluso esofagico,descobri por pessoas que se ciraram com batata yacon,comer fatias ou bater e beber,procure na net,existe muitos comentários de cura,continue com os remedios,mas associe o suco de batatas,de manha ou antes de dormir,mas 2 horas antes de dormir,eleve a cama 15 cm,alimentos só sem acides e gordura,td laite,ou daite,com paciencia estou melhorando,só descobri a um mes.abçs saude a todos

    ResponderExcluir