Pesquisar este blog

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

CURA PARA NEUROCISTICERCOSE

Uma nova pesquisa descobriu a causa e a cura para uma doença que afeta milhares de pessoas de uma só vez. Ponto para a medicina!
A neurocisticercose é uma infecção que acontece quando alguém tem a infelicidade de comer carne de porco contaminada. A doença provoca convulsões graves e afeta o cérebro.
A condição é a causa número um de epilepsia adquirida nos países em desenvolvimento. Ela provoca convulsões e dores de cabeça em cerca de 400 mil pessoas a cada ano na América Latina.
A tênia de porco (Taenia solium) infecta as pessoas através de carnes de porco mal cozidas ou contaminadas com fezes. Enquanto ela permanece viva em seu corpo, não é perigosa.
Mas, quando a praga entra em contato com o ácido gástrico no estômago, ela morre e se transforma em larvas, cistos chamados oncosferas. Oncosferas podem migrar para dentro do músculo, olhos e cérebro, onde causam inflamação.
Agora, um novo estudo dos cientistas do Colégio Baylor de Medicina descobriu que algo chamado Substância P é o culpado pela doença. Melhor ainda: nós já temos medicamentos que podem bloquear a Substância P.
Essa é a esperança, pelo menos. Os pesquisadores ainda têm de testar as drogas disponíveis para bloquear a Substância P para ver se elas vão funcionar corretamente em humanos. O bom é que, nos ratos, os remédios já se provaram eficientes.
Os pesquisadores pensaram na substância P porque ela é um neuropeptídeo conhecido por estar envolvido com a inflamação. Assim, eles realizaram autópsias e encontraram a substância P em pacientes infectados, mas não em cérebros não infectados.
Os cientistas também descobriram que ratos injetados com substância P sofriam convulsões graves. Quando eles recebiam uma droga que bloqueia o receptor da substância P, não tinham convulsões. Além disso, os ratos sem o receptor de substância P não também tinham convulsões, mesmo se infectados pela tênia.
Agora, o próximo passo da pesquisa será testar a droga anti-Substância P em pessoas que sofrem de convulsões como resultado da neurocisticercose.
A infecção por tênia subjacente continua a exigir tratamento, mas não ter convulsões durante os cuidados é fundamental para prevenir os problemas que vêm com elas: cair e ferir a cabeça ou pescoço, afogamento, problemas psicológicos, incluindo depressão e ansiedade, etc.[Gizmodo]

5 comentários:

  1. Boa Tarde a todos, favor me responda quero ser cobaia ja que estou infectada deste grave mal, teste P ja que deu certo nos ratos tem tido resultado e minha unica esperança, abraço a todos. neurocistocircose no cerebro me me responda por favor

    ResponderExcluir
  2. Oi, somente eu te entendo. infelismete eu tmb cai nessa armadilha.até agora apenas tratamentos paliativos, cso saiba de algo informo felicidades

    ResponderExcluir
  3. Angela eu tambem quero ser cobaia pois tambem tenho e e a minha unica esperança

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de experimentar esse tratamento. Sofro desse mal a 2 anos. Não tenho mais qualidade de vida.

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de experimentar esse tratamento. Pois sofro desse mala 2 anos.nao tenho mais qualidade de vida.

    ResponderExcluir