Pesquisar este blog

domingo, 27 de maio de 2012

CIRURGIA PLÁSTICA GRATUITA

cirurgia plástica inicialmente foi uma doutrina com o propósito de realizar procedimentos reparadores, mas hoje a maioria das pessoas busca fazer cirurgia plástica com objetivos estéticos. É possível fazer plástica de graça caso ela seja necessária para que a vida do paciente torne à sua normalidade.
É possível fazer este tipo de cirurgia gratuita em hospitais universitários, hospitais-escola, hospitais públicos e até clínicas particulares. Algumas vezes pela solidariedade dos profissionais e outras pela obrigação do cumprimento da lei é possível conseguir plástica grátis caso o paciente tenha sofrido ou nascido com certos tipos de deformidades.
Os casos freqüentes em que a cirurgia plástica grátis é aplicada:
- Reconstrução mamária após remoção do seio com câncer
- Crianças com lábio-leporino
- Fenda-palatina
- Queimaduras que levaram a deformações
- Abdominoplastia para remoção de excesso de pele após cirurgia do estômago
- Deficiência ou deformidades no rosto
A lei federal nº 10.223 (15/05/2001) dispõe sobre plástica a ser realizada pelo SUS, ou seja,  cirurgia plástica grátis para mulheres que realizaram mastectomia (remoção da mama devido a tumores malignos). Leis estaduais no RJ e SP garantem plásticas grátis para mulheres com seqüelas físicas de ataques sexuais.
Cirurgia plástica exclusivamente com motivos estéticos só é possível fazer na rede privada. Nem sequer planos de saúde cobrem as cirurgia plástica de graça nestes casos.
Mas se você possui alguns dos problemas listados acima deve procurar a rede de saúde do seu município e consultar a possibilidade de efetuar uma cirurgia plástica gratuita.Você também pode procurar os hospitais universitários, entidades ligadas a projetos de saúde e verificar se é elegível para efetuar o procedimento que necessita.
No site Ajuda Brasil é possível localizar as instituições que podem ajudar você no seu caso específico, na sua região, e que podem tornar realidade a sua cirurgia plástica grátis com fins corretivos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário