Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 29 de maio de 2012

TIQUE NERVOSO


Reações involuntárias e repetitivas
Tique nervoso é um problema que atinge 2% da população brasileira e pode ser classificado como simples, transitório ou complexo
A música ''Tique nervoso'', sucesso da banda Magazine durante a década de 80 e que ficou marcada pela voz do cantor Kid Vinil, relatava uma série de situações estressantes e que resultava no tique nervoso entoado no refrão da música. Muitas pessoas ainda desonhecem o que é o tique nervoso e como lidar com esse problema, que atinge cerca de 2% da população brasileira. 
Segundo o médico psiquiatra João Antônio de Lázaro Rodrigues Junior, de Londrina, tirando os casos de doenças neurológicas, o tique nervoso isoladamente é sintoma de alguma doença. Entre as mais comuns estão a Síndrome de Tourette, traumas, problemas de estresse ou mesmo transtornos de deficit de atenção ou aprendizagem. Ele explica que o tique nervoso é marcado por movimentos involuntários e rápidos e a principal característica deles é que eles não são ritmados, embora repetitivos. 
Diferentemente do transtorno obsessivo compulsivo (TOC), em que a pessoa faz uma ação para minimizar o sofrimento, no tique nervoso a pessoa faz sem perceber. ''No TOC, por exemplo, existem pessoas que têm o hábito de guardar coisas ou de lavar as mãos continuamente para minimizar o sofrimento delas. Já no tique não existe isso, ela faz isso involuntariamente, não faz para compensar algo. Faz isso sem pensar'', relata. 
O psiquiatra destaca que os tiques nervosos geralmente aparecem quando a pessoa está com cinco anos de idade e 70% desses casos que surgem na infância tendem a desaparecer quando a pessoa chega à idade adulta sem nenhum tratamento. ''Os tiques nervosos podem ser classificados como simples, transitórios ou complexos'', destaca. 
Entre os exemplos de tiques simples, o psiquiatra destaca o piscar de olhos, o encolher dos ombros ou fazer caretas. Nos casos transitórios os sintomas aparecem, somem e retornam novamente. ''Já os tiques complexos apresentam sintomas mais amplos e envolvem vários grupos musculares'', explica. No caso dos motores, a pessoa pula e movimenta as pernas e nos tiques vocais a pessoa emite sons, muitas vezes palavras inteiras. ''No caso da ecolalia, a pessoa repete o próprio som, que podem ser os estalos da língua, fungadas ou pigarreadas. Na cropolalia a pessoa fica repetindo as mesmas palavras continuamente e geralmente são de baixo calão'', destaca. 
O psiquiatra observa que a Síndrome de Tourette é uma das doenças que mais provocam tiques nervosos, e suas causas são indefinidas. Conforme o médico, os tiques nervosos são geralmente do tipo motor e vocal. ''É muito comum os casos de pessoas que ficam pigarreando o tempo todo ou mesmo apresentarem a ecolalia e a cropolalia. Nesses casos a pessoa fica repetindo palavrões constantemente'', explica. 
O psiquiatra destaca que na Síndrome de Tourette normalmente acontece a troca de tiques. '' Ao tentar controlar o tique ele sobrepõe com outro diferente em função da ansiedade para controlar o problema'', expõe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário